sábado, 22 de dezembro de 2007

Assista Excelente Curta-Metragem Paraguaio

O OutroCine reproduz abaixo postagem originalmente escrita para o blogue Música&Poesia, no dia 13 de maio de 2007. Na ocasião foi apresentado o curta Say Yes, do paraguaio Juan Carlos Maneglia. Say Yes é um filme brilhante, vale a pena assistir. Excelente fotografia, roteiro bacana e direção muito boa de Maneglia (ele também foi o montador do filme), sem falar na interpretação de John Breen. Y Viva Latinoamérica!

Filme Latino-Americano
por Yerko Herrera

John Breen, em Say Yes
É lamentável a distância a que estamos resignados em relação aos nossos irmãos da América Latina, principalmente quando se trata de troca cultural. Falando especificamente de cinema, é raro saber dos filmes produzidos pelos países vizinhos, com exceção do cine argentino, que, devido a sua fama internacional e pelo acordo de distribuição existente entre Brasil e Argentina, é razoavelmente bem difundido por estes cantos, ou de um ou outro filme latino que após destacar-se em grandes festivais chega a algumas poucas salas de exibição dedicadas a filmes alternativos. Entretanto, a farta produção hispano-americana é praticamente ignorada no Brasil. Então, quando se fala em curtas-metragens, é completamente desconhecida. Pra amenizar este prejuízo, o Música&Poesia apresenta Say Yes, do paraguaio Juan Carlos Maneglia. Filmado em 16mm, o curta mostra a vida de um perturbado homem que, preocupado com uma crise em seu relacionamento amoroso, se detém mais em detalhes obsessivos do que na resolução do problema.

Assista Say Yes aqui

NOTA: Infelizmente, por opção própria, o realizador Juan Carlos Maneglia retirou o excelente Say Yes da internet. Até o momento não há cópia do curta em nenhum outro site de compartilhamento de vídeo. Perde o OutroCine, por ser um dos melhores filmes do acervo, e perde o espectador, que deixa de ter o privilégio de assistir este maravilhoso curta.

Sinopse
Este comovente filme retrata como a demasiada falta de autoconfiança pode ter extrema força no destino. Um homem luta valentemente contra o fim da fase de flores do relacionamento. O medo de ter chegado ao fim faz com que ele busque a resposta da questão em uma simples margarida. Bem me quer, mal me quer...

Gênero Ficção
Diretor Juan Carlos Maneglia
Elenco John Breen, Ana Neira
Ano 1999
Duração 7 min
Cor P&B
Bitola 16mm
País Paraguai

4 comentários:

Anônimo disse...

Oi Yerko!

Obrigada por esse link! Ainda não conheço o cinema paraguaio.

Aproveito pra te desejar um ótimo 2008!

Camila
mesmachuva.blogger.com.br

Yerko Herrera disse...

Obrigado, Camila!!! Ótimo 2008 pra ti também!

Beijos.

Adriana disse...

Olá meu querido amigo Yerko Herrera!Este curta-metragem não esta abrindo no meu computador abri uma página toda branca escrito em negrito "(No Content Item) (No Content Item)”. Você sabe o que esta acontecendo?

Yerko Herrera disse...

Adriana, eu sei sim o que está acontecendo. Infelizmente, depois de um tempo que havia postado este excelente curta-metragem, ele foi tirado do saite de vídeos onde estava. O diretor do filme tinha um contrato de exibição com o AtomFilms (saite de vídeos) que tinha prazo pra acabar. Após isso, não sei pq razão, me parece que ele não foi renovado. Lastima que o vídeo não está em parte alguma da internet, ao menos que eu saiba. Posso te garantir que é um dos curtas mais impressionantes que assisti nesses tempos de Outro Cine, o filme é muito bom mesmo.

Tomara que ele volte um dia para a rede. O realizador, Juan Carlos Maneglia, é um cara muito talentoso e gente fina. Se quiser, pode olhar um pouco do trabalho dele em seu saite oficial: http://www.maneglia-schembori.com

Beijos, conto sempre com tua participação!

Yerko Herrera.