quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Documentário desmente versão oficial sobre o 11 de Setembro

O mundo inteiro sabe o que aconteceu no dia 11 de setembro de 2001. Talvez nada seja tão lembrado na história recente. Quase ninguém recorda em quem votou pra vereador nas eleições passadas, mas é certo que sabem que há sete anos atrás duas torres, atingidas por aviões, tombaram após a colisão. Depois desta demonstração de vulnerabilidade da potência hegemônica, os estadunidenses endureceram sua dominação militarista. As conseqüências foram sentidas no mundo inteiro, principalmente àqueles de origem islâmica, mas, nem nós, brasileiros, escapamos das garras dos falcões extremistas que dominam a Casa Branca. Tornou-se cada vez mais difícil conseguir um visto de entrada nos EUA, afinal, todos podem ser terroristas e, antes de entrar em seu país, é certo que qualquer um pode ser calorosamente recebido na Base de Guantânamo. Bom, a versão oficialista afirma que foi Osama bin Laden e sua Al-Qaeda os responsáveis por estremecer o grande Império, sobrando nessa até para Saddam Hussein, que talvez houvesse atirado, quem sabe, uma pedra em direção a Estátua da Liberdade.

Agora a contestação. Segundo o documentário Loose Change a coisa toda não foi bem assim. Antes de seguir sobre o filme, melhor esclarecer algumas coisas: Aos céticos que gostam de pensar que qualquer afirmativa não-oficial é mera teoria da conspiração, e aos de tendência reacionária que tudo crêem ser de intenção comunista, aqui o esclarecimento. Não, o documentário não se baseia em meras especulações, possui diversas evidências e questionamentos, também é apoiado pelos associados do 9/11 Truth Movement, composto por engenheiros, catedráticos de várias áreas e dos mais diferentes especialistas, conferindo mais seriedade a produção. E não, o filme não foi produzido por setores da esquerda latino-americana nem por entidades muçulmanas, nem nada parecido. É uma obra estadunidense com contestações e informações dos mesmos.

Seguindo. Em Loose Change suspeita-se que tudo o que aconteceu na famigerada data nada mais foi que um plano executado pelo próprio governo de W. Bush. São apresentados fatos e provas de que existe uma grande mentira, e que a história oficial, decretada pela Casa Branca e difundida pela mídia daquele país, possui muitos furos. Loose Change não se oferece como a verdade do ocorrido, ele se propõe a ser um incentivador do debate, da contestação e da não aceitação de uma falsidade imposta por interesse político-econômico. Dificilmente alguém duvida das más intenções de George W. Bush, que é unanimemente odiado no planeta inteiro. Entretanto, é evidente que muitos duvidam que o 11/09 foi um crime interno planejado pelo próprio governo do Estados Unidos da América e, para estes, tratar desta hipótese soara como teoria da conspiração. Como resposta fica aquela que Kevin Barrett, professor da Universidade de Winsconsin, deu ao vivo a um jornalista da conservadora FoxNews no momento que este tratava de ridicularizá-lo afirmando que o professor é um maluco com teorias bizarras, Barrett apenas disse: ― Vocês são os que têm teorias bizarras. Você acha que 19 caras com canivetes, guiados por um cara numa caverna no Afeganistão... Que ridículo... Esta sim é a maior teoria conspiratória.

Esta resposta de Kevin Barrett pode ser conferida em Loose Change segunda Edição, apresentado abaixo, e que traz mais dados e correções em relação a sua primeira versão. Inclusive já existe um terceiro filme da série, intitulado Loose Change Final Cut com mais de duas horas de duração. A cópia de Loose Change 2a Edição tem legendas em português e também está disponível pra baixar.

Yerko Herrera


Loose Change 2a Edição (Recut) - legendas em português


Baixe aqui Loose Change 2a Edição (Recut) completo (diretamente da página do Google Vídeos - arquivo mp4)

Sinopse

Documentário que mostra evidências de que os eventos de 11 de Setembro nos EUA, podem ter sido uma obra interna do próprio governo.


Gênero Documentário
Diretor Dylan Avery
Ano 2006
Duração 89min
Cor Colorido
País EUA

7 comentários:

Wakko disse...

cara, ainda estou pasmo com esse documentário... mto bom mesmo!!! postei no meu fotolog e coloquei o seu blog como fonte...obrigado aí..

www.fotolog.com/purosso

Yerko Herrera disse...

Legal mesmo o documentário!

Valeu, meu velho, pela referência no teu fotologue!!! Seja sempre bem-vindo aqui no Outro Cine!

Abração,
Yerko Herrera.

LETÍCIA CASTRO disse...

Yerko, querido, já pus pra baixar aqui, porque tb sou partidária da teoria de que foi golpe interno. Valeu muito a dica!
Amigo, obrigada pelo cumprimento lá no Babel e desculpa por vir agradecer tão em atraso (sempre o tempo), mas a lembrança ficou guardada, viu?
Beijo com carinho!
Letícia.

Yerko Herrera disse...

É isso aí, Letícia! Tu sabe que é sempre bem-vinda aqui, participa sempre que puder. Beijos!

Jú disse...

Esse documentário é ótimo!!!!! Tem momentos que dá muita raiva das mentiras...Como as informações foram e são manipuladas neste caso.

O documentário é uma excelente dica para quem não é bitolado com as informações que o governo e a mídia norte-americana querem nos passar. Tem gente que se conforma com o que querem que a gente acredite, outros questionam e procuram descobrir se realmente é verdade (não só no caso 11/9).

Beijo!!!

Anônimo disse...

haha muito engraçado esse filme.... run hun...
eu tenhu ligaçao com o povo de israel tambem e daií..... que preconceito vcs tem

Lauriana disse...

a TV eh a maior alienaçao que existe. tudo que aparece nas telas as pessoas acreditam sem questionar EH VERDADE OU NAO?
por isso adorei o documentario